ENTRE O CÉU E O MAR

 

Comissariado por Albano Silva Pereira e Miguel Amado

 

O Centro de Artes Visuais apresenta a exposição “Entre o Céu e o Mar”, produzida para o Centroo Cultural de Lagos no âmbito do programa Art Algarve 2009, a inaugurar no dia 21 de Junho, às 17H30, no Centro Cultural de Lagos. “Entre o Céu e o Mar” reúne obras da colecção do Centro de Artes Visuais de Edgar Martins, João Louro, Patrícia Almeida e Paulo Nozolino e encomendadas a Joana Bastos, Julião Sarmento, Miguel Ângelo Rocha e Paulo Brighenti. A exposição abordando as múltiplas representações que o Algarve suscita, desde o fenómeno turístico e os estilos de vida do Verão a elementos associados à época estival, como a água e a luz.

 

 

Coimbra, 8 de Junho de 2009 – O Centro de Artes Visuais apresenta a exposição “Entre o Céu e o Mar”, a inaugurar no dia 21 de Junho, às 17H30, no Centro Cultural de Lagos, no âmbito da programação do Art Algarve 2009, evento promovido pelo Ministério da Economia e da Inovação. Respondendo ao tema proposto às várias instituições envolvidas no Art Algarve 2009, “Tão brilhante quanto o sol”, este projecto contempla trabalhos da colecção do Centro de Artes Visuais de Edgar Martins, João Louro, Patrícia Almeida e Paulo Nozolino, bem como obras encomendadas a Joana Bastos, Julião Sarmento, Miguel Ângelo Rocha e Paulo Brighenti. Sob comissariado de Albano Silva Pereira e Miguel Amado, os artistas reunidos em “Entre o Céu e o Mar”abordam as múltiplas representações que o Algarve suscita, desde o fenómeno turístico e os estilos de vida do Verão a elementos associados à época estival, como a água e a luz. Esta é, assim, uma exposição rica em ideias e sentimentos que lança um olhar distinto sobre o Algarve.

 

O título da exposição inspira-se numa fotografia de Paulo Nozolino, de 1977, tirada em Lagos. Obliterando a diferença entre o céu e o mar, Paulo Nozolino captura a dimensão terrena e celestial no raro instante em que estas se encontram. A simbologia desta fotografia inspira as intervenções de Paulo Brighenti e Miguel Ângelo Rocha. O primeiro executa um desenho mural que revela uma montanha invertida e um crânio. O segundo constrói uma escultura cujos materiais, formas orgânicas e pontos de luz remetem para o campo espiritual. Outras obras interpretam os estilos de vida da época estival. No vídeo de Julião Sarmento comenta-se a silly season ao justapor-se uma professora de inglês e uma série de figuras femininas que repetem a expressão “As Bright As the Sun”. De João Louro mostra-se umas das suas “Blind Images”, um monocromo negro com uma frase que legendava a imagem de uma notícia relativa à boémia da Califórnia. Edgar Martins, Patrícia Almeida e Joana Bastos debruçam-se sobre as vivências do fenómeno turístico. Edgar Martins capta o Aeroporto de Faro, instituindo-o em “não lugar”. Patrícia Almeida retrata uma rapariga que exprime os prazeres proibidos do verão algarvio. Joana Bastos examina a vocação do Sul de Portugal como “casa de férias” da Europa do Norte, ao simular um quarto de hóspedes tanto para os ricos e famosos como para os “pé descalço”.

 

Para imagens e mais informações, por favor contactar Magda Vaz através do e-mail mvaz@cav.net4b.pt ou do telefone 239836930.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: